A facilidade de imigração em Portugal é traduzida, dentre outros fatores, pela variedade de vistos disponíveis, atraindo cada vez mais estrangeiros a se fixarem no país.

Há a possibilidade de solicitar vistos que atribuem autorizações de residência através de contratos de trabalho com empresas portuguesas ou constituindo a sua própria empresa em Portugal, por exemplo.

O Visto de trabalho mais aplicado é através de atividade profissional subordinada (Visto D1), e pode ser solicitado quando há uma carta convite da empresa contratante, ou um contrato de trabalho já formalizado entre uma empresa portuguesa e o requerente.

Em relação aos empreendedores estrangeiros que constituírem empresa em Portugal, o visto solicitado é o D2. Onde os requerentes precisam, além de outros requisitos, realizar plano de negócios demonstrando a viabilidade da atividade.

Em caso de empresas classificadas como Startups, há o StartUP Visa, podendo ser solicitado por cidadãos fora da União Europeia que desejam abrir uma empresa inovadora em Portugal.

Cidadãos estrangeiros aposentados e estrangeiros que possuam rendimentos passivos podem solicitar o Visto D7. O rendimento mínimo em ambos os casos varia de acordo com a quantidade de pessoas que compõe a família do requerente.

O primeiro adulto deve obter o equivalente a um salário mínimo vigente em Portugal (635 euros), o segundo adulto requer 50% do salário mínimo e indivíduos com menos de 18 anos e maiores dependentes necessitam de 30% do salário mínimo vigente.

É importante esclarecer que a aprovação dos vistos apresentados acima corresponde a primeira etapa do processo. A Autorização de Residência só é concluída quando o requerente do visto se apresenta no SEF (Serviço de Estrangeiro e Fronteiras) em Portugal.

E o Golden Visa?

Cidadãos estrangeiros podem obter cidadania portuguesa através de investimentos imobiliários em Portugal através do programa do Golden Visa.

Há algumas maneiras de solicitar o Golden Visa em Portugal, sendo que a mais utilizada é o investimento no mercado imobiliário. Os investimentos imobiliários abrangem:

– Aquisição de um ou mais imóveis de valor igual ou superior a 500.000,00 euros (reduzido para 400.000,00 euros em áreas de baixa densidade)

– Aquisição de um ou mais imóveis com mais de 30 anos ou em áreas de reabilitação urbana com realização de obras de reabilitação no valor igual ou superior a 350.000,00 euros (reduzido para 280.000,00 euros em áreas de baixa densidade)

O Golden Visa dá a oportunidade a cidadãos estrangeiros de usufruírem de todos os benefícios de um residente Europeu, e, após 5 anos cumprindo os requisitos do visto, a cidadania portuguesa pode ser solicitada para o titular e familiares diretos.

A Ezplore possui parceiros que auxiliam na obtenção de vistos e acompanham todo o processo até a Autorização de Residência, além de estudarem qual a melhor oportunidade para você e sua família.

Entre em contato conosco e saiba mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.